UE atrasa sanções à Rússia para avaliar acordo de cessar-fogo

A União Europeia adotou formalmente um pacote de novas sanções à Rússia nesta segunda-feira, mas afirmou que as medidas não devem entrar em vigor imediatamente para avaliar se o acordo de cessar-fogo na Ucrânia está sendo mantido.

REUTERS

08 de setembro de 2014 | 17h01

"A entrada em vigor (das novas sanções) através da publicação no Diário Oficial acontecerá nos próximos dias. Isso permite que avaliações da implementação do acordo de cessar-fogo e do plano de paz sejam feitas", disse o presidente do Conselho da UE Herman Van Rompuy em um comunicado.

"Dependendo da situação no local, a UE estará pronta para revisar as sanções acordadas, total ou parcialmente", afirmou.

(Reportagem de Adrian Croft)

Mais conteúdo sobre:
UERUSSIASANCOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.