UE condiciona ajuda ao Afeganistão

A União Européia (UE) alertou hoje as forças da Aliança do Norte para que respeitem os direitos humanos ou correrão o risco de perderem os fundos da UE para a reconstrução de seu país. O aviso foi feito durante uma reunião dos 15 chanceleres da UE, em Bruxelas."A UE conclama as forças afegãs a respeitarem os direitos humanos e as leis internacionais. Uma atitude respeitosa dos novos líderes afegãos será um fator determinante quando a União Européia decidir sobre ajuda para a reconstrução do país", afirmaram os representantes em um comunicado conjunto.Os ministros das Relações Exteriores concordaram também em criar o posto de representante especial para o Afeganistão para ajudar nos esforços da UE de salvar o país da devastação provocada por anos de guerra civil.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.