UE decide enviar 400 milhões de euros em ajuda ao Haiti

As nações da União Europeia (UE) se comprometeram a enviar mais de 400 milhões de euros (US$ 575 milhões), em várias formas de auxílio ao Haiti, assolado na última terça-feira por um terremoto de 7 graus na Escala Richter. A informação foi divulgada hoje por altos funcionários do bloco, em comunicado.

AE-AP, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 11h46

A Comissão Europeia se comprometeu a enviar 300 milhões de euros em assistência emergencial e de longo prazo para o Haiti. Já os países do bloco prometeram mandar outros 92 milhões de euros em ajuda. Além disso, o bloco deve enviar 150 soldados como parte de uma força policial para melhorar a segurança no Haiti, que sofre com saques e aumento da violência após o tremor.

Autoridades haitianas temem que o número de mortos na tragédia possa chegar aos 200 mil. O governo do país caribenho anunciou que 70 mil corpos já foram enterrados. Outras 250 mil pessoas ficaram feridas e 1,5 milhão de haitianos perderam suas casas. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoajudaUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.