UE deve apoiar França em conflito africano, diz ministro

O ministro alemão das Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, sinalizou neste sábado que a Alemanha apoia o envio de uma missão europeia para a República Centro-Africana, na tentativa de restaurar a ordem na região.

Agência Estado

18 de janeiro de 2014 | 16h09

Em entrevista ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung, Steinmeier afirmou que está estudando a melhor maneira de avançar na questão. "A Europa não pode deixar a França sozinha", disse. Segundo ele, o governo francês já mandou 1.600 soldados para o conflito em sua antiga colônia e teria pedido ajuda aos vizinhos europeus.

A expectativa é que os ministros de Relações Exteriores da União Europeia autorizem o envio de até mil soldados para a República Centro-Africano, na que seria a primeira operação militar do bloco em terra em seis anos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
REPÚBLICA CENTRO-AFRICANAVIOLÊNCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.