UE diz que Israel tem direito a defesa "comedida"

Israel tem o direito de se defender mas sua resposta deve ser "comedida e proporcional", enquanto a Autoridade Nacional Palestina (ANP) precisa combater o terrorismo e trabalhar pela paz, declarou hoje a União Européia (UE). "O direito de defesa do governo israelense está reconhecido; mas, ao mesmo tempo, convidamos Israel a dar uma resposta comedida e proporcional", afirmou um porta-voz do comissário europeu para as Relações Externas, Chris Patten.Patten acrescentou que "o governo e o povo de Israel necessitam da ANP para combater os extremistas e como sócios em busca da paz". Ele informou que a União Européia pediu a Arafat que tome iniciativas concretas para prender os responsáveis pelos "odiosos ataques terroristas dos últimos dias". Os ministros do Exterior dos países da Liga Árabe deverão reunir-se no próximo domingo para examinarem "a situação extremamente grave nos territórios árabes ocupados", informou o secretário-geral da Liga, Amr Mussa. A reunião será presidida pela Jordânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.