UE e África encerram encontro sem avanços

Terminou em clima de frustração a conferência que pretendia discutir as relações entre a União Européia e a África, em Lisboa. Divergências sobre temas como direitos humanos e comércio impediram que as conversas avançassem. Para o presidente da Comissão da União Africana, Alpha Oumar, a UE tem de rever o seu "enfoque colonialista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.