UE e Grupo do Rio discutem combate à gripe suína

Ministros da União Europeia e do Grupo do Rio se encontraram hoje, em Praga, para discutir meios para se prevenir a disseminação do vírus da influenza A (H1N1), a gripe suína. "A intenção é falar sobre medidas a serem tomadas, sobre como nós as vemos e como podemos ajudar uns aos outros", explicou o ministro checo na UE Jan Kohout, enquanto entrava na reunião. A República Checa ocupa a presidência rotativa da UE. "Vamos discutir isso com presidentes de todos os países", adiantou Kohout.

AE, Agencia Estado

13 de maio de 2009 | 09h13

"Nós gostaríamos de saber mais que apenas o que vem da mídia, então vamos discutir que medidas devem ser tomadas e o que podemos fazer juntos para erradicar a doença", afirmou, antes do encontro com membros do chamado Grupo do Rio. Criado em 1986, o Grupo do Rio conta atualmente com 21 nações, incluindo Brasil, Cuba e México. O encontro de dois dias, iniciado hoje, deve resultar na adoção de uma declaração conjunta de solidariedade às nações afetadas, particularmente ao México. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaUEGrupo do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.