UE espera negociações 'rápidas e sérias' com o Irã

As negociações em torno do programa nuclear iraniano devem avançar com "rapidez e seriedade", defendeu hoje a comissária de política externa da União Europeia (UE), Catherine Ashton.

AE, Agência Estado

10 de março de 2012 | 13h24

Em resposta a um pedido do Irã, Ashton disse na semana passada que o grupo de potências chamado de P5+1 está preparado para voltar a negociar com Teerã o mais rápido possível.

O P5+1 é formado pelos cinco países que integram o Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) - China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Rússia - mais a Alemanha.

"Nosso propósito é persuadir o Irã a se distanciar de seu programa nuclear", disse Ashton em entrevista coletiva concedida na cidade dinamarquesa de Gymnich, após uma reunião de chanceleres da UE. "Nós esperamos, com base nos contatos que mantivemos, que esse processo possa seguir adiante com rapidez e seriedade."

Ashton disse que ainda não há data para a negociação, que será a primeira em mais de um ano, mas autoridades europeias têm sinalizado que ela poderia começar ainda este mês.

Os Estados Unidos e alguns de seus aliados suspeitam que o Irã desenvolva em segredo um programa nuclear bélico. O Irã sustenta que seu programa nuclear é civil e tem finalidades pacíficas, como a geração de energia elétrica, estando de acordo com as normas do Tratado de Não-Proliferação Nuclear, do qual é signatário. As informações são da Dow Jones. (Ricardo Gozzi)

Tudo o que sabemos sobre:
UEIrãnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.