Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

UE faz novo apelo ao Irã sobre programa nuclear

A União Europeia (UE) emitiu hoje um novo apelo para que o Irã retorne às negociações internacionais sobre seu programa nuclear, advertindo que uma confrontação e sanções mais duras podem ocorrer se o impasse persistir. O ministro de Relações Exteriores da Suécia, Carl Bildt, que presidiu as conversações por dois dias de ministros da UE, disse que o bloco deseja retomar as negociações apesar do tumulto político no Irã. "Nós temos uma oferta muito generosa sobre a mesa", disse Bildt. "Nós queremos a cooperação com o Irã numa série de coisas, dentre elas o desenvolvimento de tecnologia nuclear civil."

AE-AP, Agencia Estado

04 de setembro de 2009 | 13h52

Bildt, cujo país está na presidência rotativa da UE, afirmou que Teerã não deve continuar a ignorar os apelos sobre seu programa de enriquecimento de urânio. "Se eles desejarem se comprometer conosco, estamos prontos para cooperar com eles. Se eles decidirem ir para a confrontação, então a confrontação vai acontecer", disse Bildt.

Os 27 países da UE, os Estados Unidos e outras nações temem que o Irã esteja desenvolvendo ogivas nucleares. Teerã nega as acusações e afirma que seu programa tem o objetivo de produzir energia nuclear, e não armas. O chefe de política externa da UE, Javier Solana, disse que está tentando entrar em contado com autoridades iranianas sobre os comentários feitos pelo negociador iraniano, Saeed Jalili, de que seu país apresentaria novas propostas.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãUEprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.