UE impõe novas sanções contra autoridades russas

A decisão acontece dias depois de um avião da Malaysia Airlines ter caído em território ucraniano

Agência Estado

22 Julho 2014 | 12h36

O ministro de Relações Exteriores da Holanda, Frans Timmermans, disse que a União Europeia (UE) está impondo novas sanções contra autoridades consideradas responsáveis pelas ações da Rússia na Ucrânia.

A decisão tomada nesta terça-feira por ministros de Relações Exteriores dos 28 países do bloco acontece dias depois de um avião da Malaysia Airlines ter caído em território ucraniano, aparentemente abatido por rebeldes pró-Rússia na região leste do país, matando todos as 298 pessoas a bordo.

Timmermans disse que a "decisão enérgica" da UE impõe proibição para a concessão de vistos e congelamento de ativos para mais autoridades.

Ele disse que os ministros também pediram ao braço executivo do bloco, a Comissão Europeia, que prepare sanções econômicas mais fortes caso a Rússia não tome medidas para melhorar a situação na Ucrânia.

Timmermans não especificou quantas autoridades serão atingidas pelas mais recentes sanções nem revelou seus nomes. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
UE Rússia sanções

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.