UE impõe sanções contra chefe do exército russo

A União Europeia (UE) anunciou nesta terça-feira que vai impor sanções contra Valery Gerasimov, chefe das Forças Armadas da Rússia, em reação às crescentes incursões do exército russo na Ucrânia.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2014 | 07h53

Além de Gerasimov, outras 14 pessoas foram incluídas hoje em uma lista de líderes russos e ucranianos que enfrentam medidas punitivas por ajudar a violar a integridade territorial da Ucrânia. No total, 48 pessoas já estão na lista, que os proíbe de viajar pela UE e estabelece o congelamento dos bens.

Gerasimov, que também é primeiro vice-ministro de Defesa da Rússia, tem relações significativas com o Ocidente. Os líderes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) têm falado com ele regularmente.

A UE também vai impor sanções contra outros nomes importantes ligados ao Kremlin, como o vice-premiê da Rússia, Dmitry Kozak, a vice-presidente da Duma, a Cãmara baixa do Parlamento, Ludmila Shetsova, e o chefe da Diretoria Geral de Inteligência, Igor Sergun. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
uerússiasanções

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.