UE inicia conversações com o Irã

A União Européia iniciará nesta quinta-feira conversações comerciais com o Irã, apesar de suas divergências com os EUA sobre como fazer frente ao país que Washington qualificou como parte do "eixo do mal". Pelo acordo proposto, o Irã será obrigado a aplicar aos produtos da UE as mesmas tarifas que aplica a qualquer outro dos seus associados comerciais, disse a porta-voz da Comissão Comercial da UE, Arancha González. Antes de assinar qualquer acordo, no entanto, a UE insistirá em que o Irã assine um acordo político em que se comprometa a melhorar os direitos humanos e pôr fim ao suposto apoio do país às atividades terroristas. Desde 1996, os EUA vêm impedindo suas empresas petrolíferas de investir no Irã. A Europa, ao contrário, permite que suas companhias façam negócios ali. A UE afirma que os vínculos econômicos com o Irã incentivam reformas políticas e econômicas.

Agencia Estado,

11 Dezembro 2002 | 20h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.