UE lança missão policial com 2 mil homens para Kosovo

A União Européia aprovou o lançamentode uma robusta missão policial e judicial com 2.000representantes para Kosovo neste sábado, na véspera da esperadadeclaração de independência da Sérvia. A missão fiscalizadora foi formalmente endossada àmeia-noite (21h de sexta-feira em Brasília) após nenhum dos 27membros da UE apresentar objeção ao plano para a missão antesprazo acordado, disse uma fonte diplomática. "O Conselho da (UE) decidiu lançar a missão em Kosovo",informou a UE em comunicado, acrescentando que a operaçãosubstituirá poderes da atual missão da Organização das NaçõesUnidas no território depois de um período de transição de 120dias. A nota também nomeia o holandês Pieter Feith comoadministrador civil da UE em Kosovo. A missão da UE vai, principalmente, aconselhar autoridadespoliciais e judiciais de Kosovo, mas terá alguns poderesexecutivos, como na luta contra o crime organizado, acorrupção, e na caça a criminosos de guerra. (Reportagem de Paul Taylor)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.