UE levanta parte das sanções contra o Irã

A União Europeia (UE) levantou parte de suas sanções contra o Irã horas depois de a república islâmica ter anunciado a suspensão temporária dos trabalhos mais sensíveis de seu programa de enriquecimento de urânio.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2014 | 13h29

A suspensão parcial das sanções pelos próximos seis meses foi aprovada hoje durante uma reunião de chanceleres da UE em Bruxelas. A decisão entrará em vigor assim que for registrada em ata, o que deve acontecer ainda hoje, segundo uma fonte no bloco

Ao término da reunião, o secretário de Exterior do Reino Unido, William Hague, qualificou "um marco importante" o acordo obtido no fim do ano passado em torno do futuro do programa nuclear iraniano.

Mais cedo, o Irã interrompeu seus trabalhos de enriquecimento de urânio mais sensíveis como parte de um importante acordo fechado com as principais potências internacionais, aliviando os temores sobre o programa nuclear do país e abrindo caminho para o levantamento parcial de sanções, anunciaram a Organização das Nações Unidas (ONU) e o governo iraniano.

Segundo a emissora de televisão estatal iraniana, autoridades interromperam o enriquecimento de urânio a 20% ao desconectarem as cascatas de centrífugas de enriquecimento de urânio em Natanz.

"A produção de urânio a 20% foi interrompida com o corte das ligações que alimentam as cascatas nesta instalação", informou a emissora.

Relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), ligada à ONU, confirmou que as centrífugas foram desconectadas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IRÃnuclearUEsanções

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.