UE pede informações sobre Guantánamo

A União Europeia anunciou na quinta-feira que pedirá ao governo dos Estados Unidos todas as informações disponíveis sobre os presos do centro de detenção de Guantánamo, Cuba, incluindo os dados sob sigilo. A União Europeia quer avaliar se os prisioneiros que o bloco se dispuser a receber não são perigosos. Os ministros da UE estão debatendo a possibilidade de receber alguns dos detentos para ajudar o presidente americano, Barack Obama, a fechar o centro de detenção, que abriga 245 suspeitos de ligação com o terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.