UE pede mais reformas para ingresso turco

TURQUIA

, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2010 | 00h00

A União Europeia (UE) recomendou que a Turquia adote reformas e elabore uma nova Constituição a fim de garantir mais liberdades, após os turcos aprovarem em referendo mudanças na Carta Magna do país. Cerca de 58% do país votou a favor das emendas propostas pelo governo, que preveem ampliar os direitos individuais e o controle civil sobre o Exército. A Constituição foi redigida em 1982, sob governo militar, e espera-se que sua reforma amplie a democracia e facilite a entrada do país no bloco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.