UE pede retomada de negociação nuclear com Irã

A União Europeia pediu nesta sexta-feira a retomada urgente das negociações com o Irã sobre seu programa nuclear e disse que não descarta qualquer local para a próxima rodada de conversas.

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2013 | 12h38

No início desta semana, o governo iraniano provocou surpresa ao anunciar que estava propondo agora a cidade do Cairo, no Egito, para a realização das negociações com o grupo dos seis poderes, em um movimento que foi interpretado por autoridades da União Europeia como uma nova tática de adiamento.

"Nós sempre somos muito flexíveis e não excluímos qualquer localização", afirmou a porta-voz de relações exteriores da UE Maja Kocijancic. "Nós estamos atualmente em contato com eles e queremos ver o Irã retornar à mesa de negociação o mais rápido possível para que nós possamos fazer progresso concreto para lidar com as preocupações da comunidade internacional em relação ao programa nuclear.

Kocijancic disse, durante coletiva de imprensa regular, que não há planos firmes para a próxima reunião. Os dois lados não revisaram os planos anteriores para se reunir no fim de janeiro, apesar de haver agora pouco tempo para aprovar um local. "Eu não posso confirmar quaisquer datas ou qualquer outro local. Propusemos três datas para o Irã e vimos o país voltar com modalidades diferentes o tempo todo, por exemplo...propondo locais diferentes."

Os comentários foram feitos depois que a UE tomou o passo incomum na quarta-feira de repreender o Teerã por interromper abertamente novas negociações ao colocar deliberadamente novos obstáculos no caminho, sugerindo novas localizações possíveis, enquanto não se compromete com nenhuma delas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.