UE pedirá pelo fim da 'repressão' no Tibet

A União Européia pedirá nestesábado pelo fim da repressão no Tibet e solicitará à China quedialogue sobre os direitos culturais e religiosos tibetanos,segundo o esboço de um documento obtido pela Reuters. "A UE condena toda a violência e presta seu respeito àsvítimas. Ela pede pelo fim da repressão e que as pessoas presassejam tratadas em conformidade com os padrões internacionais",diz o esboço preparado para os 27 chanceleres da UE, quediscutiam o tema na sessão final de um encontro de dois dias naEslovênia. O texto pediu por um "necessário, substantivo e construtivodiálogo" sem mencionar o nome do Dalai Lama: "Sabendo daimportância dos Jogos Olímpicos, a União Européia está prontapara contribuir para a retomada do diálogo." (Por Marcin Grajewski, escrito por Paul Taylor)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.