UE planeja severas sanções contra Irã, diz Der Spiegel

A União Europeia (UE) prepara rígidas sanções contra os setores energético e financeiro do Irã, segundo uma lista confidencial de propostas redigida por ministros de Relações Exteriores do bloco obtida pelo Spiegel Online, o site da revista semanal alemã Der Spiegel. As medidas, que tem como objetivo forçar o Irã a voltar atrás em relação a seu programa nuclear, devem ter um grande impacto na economia do país.

AE, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 13h52

A UE quer aumentar a pressão sobre Teerã, segundo o Spiegel Online, dizendo que especialistas em finanças e comércio europeus trabalham numa lista confidencial de possíveis sanções cujo alvo é a economia iraniana como um todo, incluindo medidas que atinjam os setores financeiro e energético, setores em que o regime é particularmente vulnerável, diz o documento.

Potências ocidentais suspeitam que o Irã busque produzir armas atômicas em um programa nuclear secreto camuflado por seu programa nuclear civil. Porém, o governo iraniano afirma ter apenas fins pacíficos, como a produção de energia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãnuclearUEsansõesDer Spiegel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.