UE pode adotar sanção coletiva contra o Irã

A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Catherine Ashton, disse ontem que o bloco estuda empreender uma ação "coletiva" contra o Irã no caso de Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento. A UE deve mostrar "sua rejeição às práticas de outros tempos", disse ela, que já pediu ao chanceler francês, Bernard Kouchner, que envie a Teerã "uma carta comum de todos os Estados-membros da UE".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.