UE precisa rever direitos de minorias étnicas, dizem ONGS sobre ciganos

Para analistas, deportação é apenas a ponta do iceberg de uma crise mais longa

LUIZ RAATZ - ESTADÃO.COM.BR,

19 de outubro de 2010 | 15h43

SÃO PAULO- A deportação voluntária de ciganos para Romênia e Bulgária promovida pelo governo do presidente Nicolas Sarkozy é a face visível de um problema maior, avaliam ONGs de direitos humanos. A questão engloba um histórico de perseguição, regulamentação dos direitos da minoria e o direito de livre circulação na União Europeia (UE).

Veja também:

link UE desistirá de ação contra a França por ciganos

"Os ciganos são párias. É o caso de racismo mais antigo da Europa. A deportação é apenas a ponta do iceberg de uma crise mais longa", avalia Bernard Rorke, diretor de políticas para ciganos da Open Foundation. "Temos feito campanha há anos para a UE adotar uma estratégia para inclusão dos ciganos".

Para a diretora-executiva de Imigração e Asilo da Anistia Internacional, Anne Elise Baldacini, a perseguição não é nova. "Práticas discriminatórias não eliminam o problema", diz.

Segundo o Conselho da Europa, casos de abusos contra ciganos foram registrados na República Checa, onde crianças foram impedidas de frequentar a escola e mulheres sofreram esterilização. Em 2008, a Itália aprovou a realização de um censo para contar o número de ciganos vivendo em acampamentos ilegais no país.

De acordo com o professor Giorgio Romano, do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional da USP (Gacint), a UE precisa urgentemente de uma política específica "A vivência de culturas diferenciadas não é a tradição da Europa. Os ciganos são alvo fácil porque tem uma imagem muito negativa", analisa.

Em setembro, o Parlamento Europeu aprovou uma moção para o direitos dos ciganos na qual defende o acesso da minoria à educação, moradia e trabalho. A Comissão Europeia instaurou um processo para investigar a deportação voluntária praticada na França, mas voltou atrás após Paris se comprometer a adotar as mesmas regras da UE para circulação de pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
expulsão de ciganosFrançaUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.