UE pressiona Coreia do Norte a não lançar míssil

A chefe de Relações Exteriores da União Europeia, Catherine Ashton, pressionou a Coreia do Norte no sábado a abandonar seus planos de lançar um míssil de longo alcance.

REUTERS

17 de março de 2012 | 17h14

"O Alto Comissariado pede que a DPRK (República Democrática Popular da Coreia) confirme com urgência que vai se abster da ameaça de lançamento e que vai retomar o trabalho de construção da confiança mútua", afirmou comunicado do gabinete de Ashton.

Na sexta-feira, o país disse que pretendia lançar um satélite de 'trabalho' para marcar a comemoração do centenário de nascimento do seu fundador, Kim II-sung, no mês que vem, em face de uma declaração da suspensão dos testes de mísseis de longo alcance.

Autoridades estrangeiras disseram que os lançamentos anteriores foram testes de mísseis de longo alcance disfarçados.

(Por Ben Deighton)

Tudo o que sabemos sobre:
UECOREIANORTEMISSIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.