UE quer retomar conversas sobre programa nuclear do Irã

A chefe da política externa da União Europeia (UE), Catherine Ashton, disse neste sábado, 15, que o resultado da eleição no Irã deu a Hasan Rowhani um "mandato forte" para governar pelo próximos quatro anos. Ela também afirmou que estava pronta para continuar as conversas sobre o programa nuclear do país.

RENAN CARREIRA, Agência Estado

15 Junho 2013 | 20h05

Autoridades ocidentais esperam retomar as conversas nucleares em julho, após os encontros fracassados de abril no Casaquistão. As conversas sobre as atividades nucleares do Irã já se arrastam por uma década.

"Desejo o melhor para Rowhani na formação de um novo governo e na tomada de suas novas responsabilidades", afirmou Ashton em comunicado. "Permaneço comprometida em trabalhar com a nova liderança iraniana em direção a uma solução diplomática sobre a questão nuclear."

Os EUA e algumas nações europeias acusam o Irã de buscar desenvolver armas nucleares, o que Teerã nega. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.