UE, Rússia e Ucrânia discutirão segurança energética

Duas novas rodadas de conversas sobre segurança energética entre União Europeia (UE), Ucrânia e Rússia serão realizadas em maio, confirmou nesta terça-feira a Comissão Europeia.

AE, Agência Estado

06 Maio 2014 | 11h13

As três partes realizaram uma primeira reunião conjunta na última sexta-feira em Varsóvia, na Polônia, para discutir as dívidas de gás da Ucrânia com a Rússia - agora estimadas em mais de US$ 3,5 bilhões - e preocupações sobre a possibilidade de interrupções no fornecimento de gás para a Europa.

"Vamos promover essas novas reuniões para encontrar uma solução para as dívidas da Ucrânia", disse Sabine Berger, porta-voz da Comissão Europeia. Não foram revelados mais detalhes sobre datas ou locais dos encontros. Segundo ela, as três partes têm "até o final do mês para resolver o problema", acrescentando que a comissão não teme que o fornecimento de gás da Rússia para a Ucrânia possa ser interrompido nesse meio tempo.

Na sexta-feira, os ministros da Energia da Rússia, Alexander Novak, e da Ucrânia, Yury Prodan, e o chefe de energia da UE, Günther Oettinger, afirmaram que criarão medidas até o fim de maio para solucionar as dívidas de energia da Ucrânia. Mas Novak afirmou que a estatal de gás russa OAO Gazprom pediria que as entregas marcadas para junho fossem pagas de forma adiantada a menos que a Ucrânia comece a quitar parte de suas dívidas até 16 de maio. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.