UE suspende importação de leite proveniente da China

A União Européia suspendeu, neste sábado, todas as importações de produtos lácteos para crianças e bebês provenientes na China, enquanto o governo de Pequim segue em sua luta para conter o escândalo da contaminação dos produtos no país. "Os Estados membros estão proibidos de importar para a comunidade produtos compostos contendo leite ou derivados de leite para uso nutricional em crianças e bebês", informa um comunicado publicado no site oficial da UE. A suspensão das compras tem vigência imediata.Embora os produtos lácteos chineses, como leite e iogurte, estejam há muito tempo proibidos para as 27 nações da União Européia, o bloco decidiu que os consumidores precisavam de mais precauções em relação ao produto.Cerca de 53 mil crianças ficaram doentes e quatro morreram na China após ingerirem leite contaminado por melamina, um composto químico com alto teor de nitrogênio que perturba o funcionamento do sistema renal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.