UE suspende operações de desenvolvimento em Mali

A Comissão Europeia disse nesta sexta-feira que suspendeu suas operações de desenvolvimento em Mali, enquanto aguardava o esclarecimento da situação no país após o golpe de quinta-feira.

REUTERS

23 Março 2012 | 09h31

O Comissários de Desenvolvimento da União Europeia, Andris Piebalgs, disse que a decisão não afetava ajuda humanitária.

"O Mali atingiu progresso estável em seu desenvolvimento nos últimos anos, que só pode ser preservado em um ambiente estável e democrático", afirmou Piebalgs.

"Em face da deterioração da situação de segurança no norte do Mali e a iminente crise de alimentos na região, eu clamo a todas as partes para cuidarem da população civil e assegurarem o respeito à vida humana."

Ele repetiu um pedido da UE para a restauração da ordem constitucional e para que eleições democráticas fossem realizadas o mais rápido possível.

(Reportagem de Rex Merrifield)

Mais conteúdo sobre:
UEMALISUSPENSAODESENVOLVIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.