UE tenta arrecadar 1 bi de euros para combate ao ebola

A União Europeia está tentando arrecadar 1 bilhão de euros para ajudar no combate ao vírus do ebola na África Ocidental. Nesta segunda-feira, ministros das Relações Exteriores dos 28 países-membros deram início a conversas para discutir como eles podem ajudar no controle do "surto". Está previsto para sexta-feira o anúncio de um pacote de medidas.

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2014 | 11h11

Por enquanto, o bloco já reuniu cerca de 500 milhões de euros, dos quais 160 milhões de euros foram doados pelo Reino Unido e outros 100 milhões de euros partiram de contribuições da Alemanha.

Além do fundo de 1 bilhão de euros, os ministros discutem a possibilidade de enviar equipamentos médicos, oferecer treinamento para profissionais de saúde e adotar procedimentos mais rígidos no retorno de europeus que estavam na África Ocidental.

Philip Hammond, secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, afirmou que os recursos são necessários para o mais breve possível, "pois nós temos um período muito curto para agir e prevenir um descontrole na disseminação da doença". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
União EuropeiaebolaajudaÁfrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.