UE terá encontros separados com israelenses e palestinos

A União Européia (UE) anunciou hoje a realização de encontros separados com altos oficiais palestinos e israelenses durante uma reunião ministerial euro-mediterrânea prevista para ocorrer na próxima semana.Oficiais europeus confirmaram que eles realizarão uma reunião bilateral com o chanceler israelense, Shimon Peres, durante um encontro de dois dias entre a UE e 12 países mediterrâneos, incluindo o Egito, a Síria e a Jordânia, que terá início na próxima segunda-feira em Valência, na Espanha.A UE planeja também uma reunião com a Autoridade Palestina e outros chanceleres árabes. O porta-voz da UE, Gunnar Wiegand, disse que o evento dará uma outra oportunidade para tentar levar palestinos e israelenses à assinatura de um cessar-fogo.No entanto, as mesma fontes informaram que aguardam ainda uma resposta da Síria, que ameaçou não participar do encontro caso Israel esteja presente. A mesma atitude foi tomada pelo Líbano. Ambos os países citaram a campanha militar israelense nos territórios palestinos como justificativa para um possível boicote à reunião.A conferência será o quinto encontro entre ministros das Relações Exteriores da União Européia e seus vizinhos ao redor do Mar Mediterrâneo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.