UE, Ucrânia e Rússia vão negociar preços do gás

A União Europeia vai discutir os preços do gás com a Rússia e a Ucrânia nas próximas semanas para evitar a suspensão do fornecimento do produto, afirmou hoje o comissário da UE para energia, Günther Oettinger.

Agência Estado

02 Maio 2014 | 13h21

Oettinger, que falou em Varsóvia, disse que é preciso encontrar uma solução para a disputa atual entre Rússia e Ucrânia em torno dos preços do gás.

Moscou elevou significativamente os preços do gás vendido para a Ucrânia e ameaçou limitar o fornecimento se Kiev não pagar uma dívida pendente de US$ 3,5 bilhões e não aceitar os novos preços.

Oettinger fez os comentários após se encontrar com os ministros de Energia da Ucrânia, Yuri Prodan, e da Rússia, Alexander Novak.

Segundo Oettinger, novas conversas deverão acontecer em meados ou no fim de maio, com a UE servindo como mediadora do encontro para garantir um preço justo para o gás. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Europa gás negociações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.