UE viaja à Coréia do Norte para dialogar sobre programa

Uma delegação da União Européia vai viajar para a Coréia do Norte nesta terça-feira, 6, para dois dias de conversas com o objetivo de mostrar apoio à decisão de Pyongyang de abandonar seu programa de armas nucleares, segundo informações de líderes da Alemanha, que detém a presidência rotativa do bloco. A missão, formada por representantes da Alemanha, da Comissão Européia e do Secretariado Geral da União Européia, tem por objetivo promover a rápida implementação de um acordo alcançado sobre o programa nuclear do Estado comunista. "Para a UE, a viagem é também de natureza exploratória, já que o resultado da visita irá proporcionar importantes linhas de discussão dentro da UE sobre suas futuras relações com a Coréia do Norte", informou um comunicado do governo nesta terça-feira. A visita acontece após conversas na segunda-feira em Nova York entre autoridades dos Estados Unidos e da Coréia do Norte com a intenção de normalizar o relacionamento entre os países como parte do acordo do mês passado Representantes de Portugal, que irá presidir a União Européia em seguida, também participarão da viagem.Negroponte na Coréia do SulO vice-secretário de Estado dos EUA, John Negroponte, se encontrou com o ministro de Relações Exteriores da Coréia do Sul, Cho Jung-pyo, enquanto Washington e Seul discutem como iniciar a interrupção do programa nuclear da Coréia do Norte.No entanto, nenhum dos representantes quiseram comentar sobre o assunto.Negroponte, que almoçou com Jung-pyo, pretende encontrar ainda nesta terça-feira, 5, o presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun.A secretária de Estado dos EUA confirmou que Negroponte deve visitar a China e o Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.