UE/Juncker:BCE e EFSF agirão logo para salvar euro

O presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, disse que os países da zona do euro, o fundo de resgate da região e o Banco Central Europeu (BCE) vão agir em breve para salvar a moeda única, segundo uma entrevista que será publicada amanhã pelo jornal alemão Sueddeutsche Zeitung. "Vamos decidir nos próximos dias quais medidas tomar", disse Juncker, segundo a publicação.

PAULA MOURA, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 16h40

Ele sugeriu que a Linha Europeia de Estabilidade Financeira (EFSF, na sigla em inglês) e o BCE vão comprar dívidas do governo espanhol para reduzir os yields, pois a reunião dos líderes da zona do euro no final de junho abriu caminho para compras de bônus da dívida soberana pelo fundo de resgate. "Não tenho dúvidas que vamos implementar as decisões da última reunião", disse Juncker, de acordo com o Sueddeutsche Zeitung.

As afirmações de Juncker parecem ser a primeira confirmação oficial de uma série de artigos na mídia dizendo que os líderes europeus estão fazendo um plano de compras de dívida dos governos da Espanha e da Itália pelo BCE e pela EFSF.

"Os países da zona do euro alcançaram um ponto em que temos que deixar claro com todos os meios disponíveis que estamos fortemente determinados a assegurar a estabilidade financeira da união monetária", disse o presidente do Eurogrupo. "O mundo está questionando se a zona do euro ainda vai existir nos próximos meses", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
euroBCEEFSFJean-Claude Juncker

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.