Último comboio de brasileiros deixa o Líbano

O último comboio de ônibus partindo com cidadãos brasileiros do Líbano saiu do Vale do Bekaa com 88 passageiros às 9h (no horário local, 3h em Brasília) desta segunda-feira, uma hora depois do início do cessar-fogo.O comerciante Khaled Haimur - que auxiliava o Consulado do Brasil no contato com a comunidade e na formação dos comboios - disse que até a manhã de domingo ainda tinha uma lista com 200 pessoas registradas para viajar."Mas durante o dia, com as notícias sobre o cessar-fogo, muita gente foi ligando para cancelar e à noite a lista tinha 154 pessoas. No fim, os ônibus acabaram saindo com 88 passageiros", conta Haimur.Os ônibus vão levar os passageiros até a cidade de Adana, na Turquia, para onde o governo está enviando aviões para repatriar os brasileiros.Ele diz que as pessoas que viajaram nesta segunda ou não estavam muito seguras quanto às condições de o cessar-fogo se manter ou queriam aproveitar a viagem "para visitar parentes no Brasil".Volta"Tem gente que está indo agora para voltar daqui um mês", explica.Haimur diz que as pessoas que viajaram nesta segunda-feira por este último motivo não devem ter dificuldades para retornar ao Líbano depois.Mas ele teme que muitos outros que já estão no Brasil e que fugiram com medo da guerra podem ter problemas em breve."Teve gente que a gente viu saindo daqui com lágrimas no olhos porque sabia que não seria fácil para voltar. Muita gente que saiu daqui não tem dinheiro e tem toda a vida aqui no Líbano", diz.O fim dos comboios já tinha sido decidido na semana passada, antes de a resolução da ONU sobre o cessar-fogo ter sido votada no conselho de segurança.Além de cidadãos brasileiros, os comboios que saíram do Vale do Bekaa também transportaram argentinos, paraguaios, colombianos e venezuelanos.As viagens foram organizadas pelo Consulado Geral do Brasil no Líbano e por líderes comunitários informais no vale - como Haimur -, e a conta foi paga pelo governo brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.