REUTERS/Piroschka van de Wouw/Pool
REUTERS/Piroschka van de Wouw/Pool

Último da UE a vacinar contra a covid-19, Holanda inicia campanha de imunização

País europeu começou a aplicar doses da vacina desenvolvida pela Pfizer/BioNTech nesta quarta-feira, 6

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de janeiro de 2021 | 11h34

VEGHEL, Holanda - Quase duas semanas após os primeiros países da União Europeia lançarem campanhas nacionais de imunização, a Holanda iniciou nesta quarta-feira, 6, a vacinação contra a covid-19. Com isso, o país se torna o último integrante do bloco a iniciar a campanha de vacinação.

A profissional da saúde Sanna Elkadiri, de 39 anos, foi a primeira cidadã holandesa a receber a vacina no país. Ela trabalha como cuidadora em uma casa de repouso na cidade de Veghel, sul do país.

O governo holandês foi muito criticado por sua lentidão para começar o processo de vacinação. Nesta semana, o primeiro-ministro Mark Rutte afirmou que o país tinha focado na aquisição de doses do imunizante produzido pela Oxford/AstraZenaca, que ainda não tem recomendações sobre seu uso na UE. No momento, estão sendo aplicadas vacinas produzidas pela Pfizer/BioNTech.

O ministro da Saúde, Hugo de Jonge, classificou o início da vacinação como "um momento incrível" em declaração à imprensa. "Finalmente, depois de 10 meses estamos começando a acabar com a crise", disse.

Funcionários de hospitais que mantêm contato com os pacientes de covid-19 serão os primeiros a receber a vacina, ao lado dos trabalhadores das casas de repouso do sul do país./ AFP e AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.