Último debate mantém cenário, dizem analistas

O debate de domingo, o último antes das eleições presidenciais do dia 1.º no México, não alterou o cenário eleitoral, apesar dos ataques lançados pela candidata governista, Josefina Vázquez Mota, contra Enrique Peña Nieto, do opositor Partido Revolucionário Institucional (PRI), e Andrés Manuel López Obrador, do Partido da Revolução Democrática, disseram analistas. A candidata declarou que seus rivais, favoritos segundo pesquisas, representam o retorno ao passado corrupto e autoritário do México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.