Scott Olson/AFP
Scott Olson/AFP

Último debate republicano de 2015 nos EUA contará com 9 pré-candidatos

Segundo a emissora CNN, entre os participantes do debate principal da noite estarão o ex-neurocirurgião Ben Carson, o senador Ted Cruz e o empresário Donald Trump, que recentemente propôs proibir a entrada de muçulmanos no país

O Estado de S. Paulo

14 de dezembro de 2015 | 09h09

WASHINGTON - Nove pré-candidatos republicanos à presidência dos EUA participarão na terça-feira em Las Vegas do último debate televisivo de 2015, anunciou no domingo a emissora CNN ao divulgar a lista de participantes.

Antes do debate principal haverá outro em um horário de menor audiência, entre os quatro candidatos com os piores resultados nas últimas pesquisas.

No debate principal, o púlpito central será ocupado novamente pelo magnata Donald Trump, que segue na liderança das enquetes, apesar de protagonizar dezenas de polêmicas. Ele estará ao lado do ex-neurocirurgião Ben Carson e do senador Ted Cruz.

Os demais participantes serão o senador Marco Rubio, o ex-governador da Flórida Jeb Bush, a ex-conselheira delegada da HP Carly Fiorina, o governador de New Jersey Chris Christie, o governador de Ohio John Kasich, e o senador Rand Paul.

O quinto e último debate do ano para os republicanos acontecerá em meio à polêmica proposta de Trump de proibir temporariamente a entrada de todos os muçulmanos nos EUA diante da ameaça de terrorismo.

No debate entre os pré-candidatos republicanos com as piores colocações nas pesquisas estarão o ex-governador de Arkansas Mike Huckabee, o ex-senador Rick Santorum, o senador Lindsey Graham e o ex-governador de Nova York George Pataki, detalhou a CNN.

Com relação aos democratas, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, o senador Bernie Sanders e o ex-governador de Maryland Martin O'Malley farão seu último debate televisivo de 2015 no dia 19 de dezembro. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.