Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ultra-direita parte para a ofensiva na Aústria

Tocados com a promessa de que seu líder não os abandonaria, partidários de Joerg Haider partiram para a ofensiva contra os moderados de suas fileiras que culpam o chefe direitista pelo desastroso desempenho de seu partido nas urnas."Um certo pulso firme será necessário", disse Leopold Schoeggl, um político leal a Haider, sobre os procedimentos iniciados para excluir cinco destacados líderes do Partido da Liberdade.Alois Pumberger, um dos visados pelos radicais, descreveu os participantes da mobilização como "um pelotão de fuzilamento comandado por Joerg Haider".Haider, cuja admiração por Adolf Hitler e seu discurso contra os estrangeiros ajudaram a tirar seu partido do anonimato em meados dos anos 80 até levá-lo ao governo há dois anos, prometeu renunciar depois de seu partido ter saído humilhado das eleições do fim de semana.No entanto, Haider possui um histórico de ameaçar abandonar a política para impor seu desejo a associados. Poucas horas após prometer a renúncia, ele anunciou na manhã de hoje que líderes de seu partido fizeram com que mudasse de idéia.Haider, governador da província sulista da Caríntia, disse a jornalisrtas que "amigos no partido" não aceitaram sua renúncia "por acreditarem que meu jeito caríntio é bom e devo seguir em frente".A mudança de idéia deu nova munição a seus oponentes, que comparam a decisão a antigos subterfúgios para chamar a atenção - incluindo um controvertido elogio aos tempos de nazismo, críticas vulgares a seus adversários e três viagens ao Iraque em pouco mais de um ano.É provável que isto também tenha servido para confundir ainda mais eleitores indefinidos que abandonaram seu partido nas eleições gerais do último domingo, fazendo com que perdesse os quase dois terços de apoio no Parlamento para os conservadores, parceiros de coalizão do Partido da Liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.