Ultraconservadores vencem eleições gerais na Suíça

O partido ultraconservador União Democrática do Centro (UDC) venceu as eleições gerais realizadas neste domingo na Suíça e promete endurecer leis consideradas racistas contra imigrantes e lutar para que o país continue fora da União Européia (UE).Até o começo da noite, a UDC, até pouco tempo um partido considerado como pequeno e liderado pelo milionário Christoph Blocher, aparecia na frente na maioria dos resultados parciais. Segundo analistas, o partido ultraconservador concentrou sua campanha nos temas que mais estariam preocupando a sociedade: o aumento do desemprego e da criminalidade.Nas últimas semanas, a UDC publicou comerciais mostrando que o aumento da criminalidade estava ocorrendo paralelamente ao aumento de imigrantes na Suíça. Até mesmo a Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu um comunicado alertando que a campanha estava se baseando em argumentos racistas, mas nem isso fez com que a população suíça desistisse de colocar o partido de extrema direita no poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.