Ultranacionalistas clamam vitória em eleição na Sérvia

O ultranacionalista Partido Radical da Sérvia liderava a eleição nacional neste domingo em uma rejeição dos eleitores aos apelos do Ocidente para um governo mais interessado em cooperar sobre Kosovo e em entregar criminosos de guerra. A oposição Radical, o partido mais forte da Sérvia em anos, não mostrou nenhum sinal de ter perdido seu apelo entre a população, apesar dos alertas ocidentais. Uma projeção do resultado do pleito mostrou os ultranacionalistas com 28,5% dos votos, um ponto a mais que na última eleição parlamentar, ocorrida em 2003. "O Partido Radical venceu estas eleições", disse Tomislav Nikolic, o candidato do partido a primeiro-ministro sérvio na ausência do líder do agremiação, Vojislav Seselj, que está sendo julgado por crimes de guerra em Haia. Ele somente lamenta que seu partido não tenha conseguido 50%. "Isso estraga nossa celebração porque estamos convencidos de que dias difíceis estão diante da Sérvia", disse Nikolic. "Até que os Radicais formem um governo, as coisas serão duras para a Sérvia." O Partido Democrático, do presidente Boris Tadic, está bem atrás dos Radicais, com cerca de 22%. Nenhum dos dois partidos da oposição deve conseguir votos suficientes para uma maioria parlamentar. O Partido Democrático da Sérvia, do primeiro-ministro Vojislav Kostunica, deve ficar com 17% dos votos. O líder do Partido Radical Sérvio (SRS), Tomislav Nikolic, reconheceu que seu partido ultranacionalista não conseguirá formar o futuro governo da Sérvia. "Nós não teremos a oportunidade de formar o Governo", disse Nikolic na sede de seu partido, pouco depois da divulgação dos primeiros resultados.O Ocidente deixou claro aos sérvios que devem abandonar os desejos nacionalistas se quiserem aderir à União Européia e à Organização dos Países do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e superar um fardo de uma década de isolamento, guerra e sanções geradas pelo ex-dirigente do país Slobodan Milosevic. Com EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.