Ultraortodoxos agridem mulher em Jerusalém

Um grupo de dez judeus ultraortodoxos atacou na terça-feira uma jovem em Beith Shemesh, no nos arredores de Jerusalém, em um novo episódio de violência contra uma mulher por parte de religiosos. Eles atacaram o carro de Natali Mashiah, de 27 anos, e a agrediram. Cinco suspeitos foram presos.

O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2012 | 03h03

Segundo o porta-voz da polícia israelense Micky Rosenfeld, o carro de Natali foi apedrejado e teve os pneus furados enquanto ela colava anúncios publicitários da loteria em muros próximos. Os radicais também jogaram desinfetante dentro do veículo e tentaram agredi-la com pedras enquanto ela fugia. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.