Ultraortodoxos entram em choque com soldados

Cerca de 50 judeus ultraortodoxos enfrentaram ontem o Exército israelense na cidade de Nablus, na Cisjordânia. O grupo de mais de 200 pessoas invadiu a Tumba de José, um dos lugares sagrados para judeus em território palestino. Os ultraortodoxos protestavam para que Israel retome o controle da tumba. O local serve de ponto de peregrinação para judeus ultraortodoxos e encontra-se sob a guarda de policiais palestinos. A entrada dos fiéis em Nablus é coordenada com o Exército israelense, que escolta os veículos e informa os palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.