Ultrassom teria sido baixado da internet

Colegas de trabalho de Paula Oliveira, que dizem ter recebido um e-mail com um ultra-som de sua gravidez, afirmaram ter encontrado a mesma imagem no site de busca Google, sob o nome ''Twins 6 wks'' (''Gêmeos 6 semanas''). O pai da brasileira, Paulo Oliveira, disse que preferia não fazer comentários sobre a informação. ''Eu não comento rumores'', disse. Mas fontes da empresa em que Paula trabalha confirmaram ao "Estado" que ela nunca apresentou "documentos válidos" da gravidez. Ao ser informado de que Paula estaria esperando gêmeos, o setor de Recursos Humanos da empresa pediu a Paula os exames, que nunca foram apresentados. Em declarações à TV Globo, a mãe de Paula, Jeni Ventura, confirmou que sua filha tem exames que comprovariam a gravidez, mas ela não soube dizer quais exames seriam esses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.