Um agente morre e 20 pessoas ficam feridas no Paquistão

A explosão aconteceu por causa de um ataque suicida perpetrado no cinturão tribal paquistanês

EFE

01 de março de 2008 | 06h34

Um membro das forças de segurança paquistanesas morreu neste sábado e 20 pessoas ficaram feridas em um ataque suicida perpetrado no cinturão tribal paquistanês, segundo uma fonte policial citada pelo canal privado "Geo TV". O atentado aconteceu na região tribal de Bajaur, perto da fronteira com o Afeganistão, quando vários agentes viajavam em um comboio perto do qual o suicida detonou a carga explosiva que levava, segundo a fonte. Pelo menos oito membros das forças de segurança paquistaneses ficaram feridos por causa do ataque, assegurou à cadeia "Dawn" uma fonte policial. Os feridos já foram levados para o hospital mais próximo. O ataque acontece um dia depois do atentado suicida perpetrado no conflituoso vale de Swat (norte), também situado na Província da Fronteira do Noroeste, que tiro a vida de pelo menos 40 pessoas. Os militares são alvos de freqüentes ataques por parte dos fundamentalistas islâmicos da zona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.