Um alemão é morto e outro é sequestrado na Nigéria

Homens armados mataram um alemão e sequestraram outro cidadão do país europeu no sudoeste da Nigéria, informou a polícia local nesta terça-feira. Os homens atacaram um grupo de trabalhadores da companhia de construção Julius Berger Nigéria quando eles eram levados para trabalhar no sudoeste do estado de Ogun, na sexta-feira, afirmou o assistente da superintendência da polícia, Abimbola Oyeyemi.

Estadão Conteúdo

28 de outubro de 2014 | 14h40

Um alemão foi baleado e morto no ataque e a polícia está trabalhando para liberar o alemão sequestrado e prender os criminosos. O sequestro aconteceu no norte da Nigéria, de acordo com o ministro de Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier.

Os sequestros no norte do país em geral são realizados pelo grupo extremistas Boko Haram ou por um grupo dissidentes chamando Ansaru. Os reféns costumam ser liberados sem ferimentos após o pagamento de resgate.

No sul da Nigéria, piratas sequestraram uma embarcação policial que escoltava uma barcaça de carga de petróleo da Companhia Nigeriana de Petróleo Agip no Delta do Níger, também na sexta-feira. Três policias foram mortos, de acordo com o porta-voz da força Joint Task, Mustapha Anka. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigeriaalemãesviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.