Um dos chefes da Camorra napolitana é detido na Espanha

A polícia espanhola deteve em Sitges, perto de Barcelona (nordeste da Espanha), o cidadão italiano Carmine R., de 38 anos, considerado o principal responsável do grupo mafioso Di Lauro, um dos mais poderosos da Camorra napolitana. Segundo a Direção-Geral da Polícia, o detido era procurado desde 2004 pelas autoridades italianas, que em abril ditaram uma ordem européia de busca e captura, pelos crimes de associação mafiosa e tráfico de drogas.As primeiras investigações indicavam que Carmine R. estava em Barcelona, onde utilizava, aparentemente, documentação em nome de outra pessoa de nacionalidade italiana, que pouco mais tarde foi detectada na cidade de Vigo (noroeste), onde efetuava compras e aluguéis de alto valor, que pagava com dinheiro.Segundo a polícia, Carmine R. é um dos máximos expoentes do grupo mafioso da Camorra napolitana conhecido como clã Di Lauro, que as autoridades italianas deram praticamente por desarticulado após diversas operações realizadas no final de 2004 e começo de 2005.Após a detenção dos principais dirigentes do clã Di Lauro, Carmine R. reorganizou o grupo e se transformou em seu principal responsável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.