Uma criança morre e 2 desaparecem em queda de ponte na Malásia

Autoridades locais haviam informado anteriormente que havia 22 crianças desaparecidas

Efe,

27 de outubro de 2009 | 01h43

Os serviços de resgate do estado de Perak, no norte da Malásia, confirmaram nesta terça-feira, 27,  que uma criança morreu e outras duas, e não 22 como havia informado anteriormente, estão desaparecidas após o desabamento de uma ponte sobre um rio.

 

O governador em Perak, Zambri Abdul Kadir, assinalou, após corrigir o "erro cometido pelas autoridades", que o número desaparecidos era dois e que ambos estavam sendo procurados no rio

Kampar.

O corpo de uma menina, que aparentemente morreu afogada, foi localizado de manhã, informou o governador de Perak, Estado a cerca de 200 quilômetros do norte da capital federal, Kuala Lumpur.

 

As crianças, com idades entre 10 e 12 anos, faziam parte de um grupo de quase 300 estudantes de diferentes escolas que faziam um passeio por Perak. Segundo testemunhas, em princípio, quando a ponte desabou 30 crianças caíram na água.

 

Mais de cem voluntários, policiais e bombeiros trabalham nas buscas, mas até agora não se tem pistas da localização das vítimas. Segundo as equipes de resgate, a possibilidade de encontrar as duas crianças com vida é  pequena devido à forte corrente do rio.

Tudo o que sabemos sobre:
ponteMalásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.