Adam Taylor, The Washington Post/O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2014 | 02h06

A declaração de independência de Donetsk parece uma "Crimeia 2.0", mas é diferente. A Crimeia fez parte da Rússia durante centenas de anos, passando para a Ucrânia em 1954. Mais de metade dos seus habitantes fala russo e, etnicamente, 60% da população é formada de russos. Já Donetsk foi fundada por um empresário galês, em 1869, o que levou à criação de uma satírica campanha pela anexação da região à Grã-Bretanha, segundo a BBC. Ali foi declarada brevemente a República Soviética de Donetsk-Krivoy Rog, em 1918, durante a guerra civil russa, mas o local é parte da Ucrânia desde então.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.