Uma pessoa morre em explosão em Moscou

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas quando uma granada encontrada por operários numa construção explodiu na zona sul de Moscou, informou um porta-voz da polícia local. A granada é uma de três encontradas pelos operários numa construção na Simonovsky Val, rua situada a aproximadamente três quilômetros do Kremlin, disse Yevgeny Gildeyev, porta-voz da polícia. Existem diferentes versões sobre como os operários encontraram as granadas. De acordo com a agência de notícias ITAR-Tass, os operários faziam uma escavação. Segundo a agência Interfax, elas foram encontradas num contêiner de lixo. Granadas são freqüentemente usadas nas ações do crime organizado russo. Ainda não se sabe se elas pertenciam a alguma organização mafiosa ou a alguém que pretendia promover um atentado. A tensão aumentou na capital russa depois de um atentado perpetrado no último sábado por duas militantes suicidas num festival de rock. Além das mulheres-bomba, 13 pessoas morreram na ação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.