Uma pessoa morreu e 50 ficaram feridas em Bangladesh

Pelo menos uma pessoa morreu e 50 ficaram feridas hoje num atentado a bomba em Sylhet, no nordeste de Bangladesh. A bomba explodiu no estacionamento do Hotel Gulshan, onde o prefeito Badaruddin Kamran liderara um encontro político. "Tínhamos acabado de sair do encontro quando ocorreu a explosão", afirmou o prefeito.Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque, ocorrido dois dias depois que duas bombas explodiram diante de cinemas em Sylhet, matando um menino de 13 anos e ferindo outras sete pessoas.Kamram, do oposicionista Partido da Liga Awami, afirmou ter recebido ameaças de morte em cartas assinadas por grupos desconhecidos. "Parece que eu era o alvo. Tive sorte de escapar", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.