Uma semana após tremor, 2 mulheres são resgatadas na China

Em um dos locais, existe a possibilidade de haver outros três sobreviventes, segundo informa a polícia

Efe,

19 de maio de 2008 | 06h41

Duas mulheres que tinham ficado presas entre os escombros do terremoto registrado na China há uma semana foram resgatadas nesta segunda-feira vivas, informou a agência oficial de notícias "Xinhua". Veja também:Tocha e bolsas param em luto por causa do terremoto na ChinaTerremoto na China: mapa da destruiçãoAntes e depois da devastação Os especialistas encontraram Wang Fazhen, de 50 anos, entre as ruínas de um prédio residencial da Mina de Carvão de Tianchi, que foi tirada 40 minutos mais tarde com fracos sinais de vida. A vítima foi levada ao hospital imediatamente. As equipes de resgate disseram que suas equipes de detecção de movimento enviaram sinais que indicam que poderiam haver outros três sobreviventes no lugar onde Wang foi encontrada. Outra mulher, Li Lingcui, de 61 anos, também foi salva no distrito de Beichuan, em uma área próxima ao epicentro, dez minutos depois do resgate de Wang. Segundo as equipes que a recuperaram, Li estava consciente quando a retiraram, mas a Xinhua não deu mais detalhes sobre seu estado de saúde.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.