Unasul dá apoio ao Equador e exorta ao uso do diálogo

Os chanceleres da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), reunidos em Guayaquil, exortaram ontem ao diálogo para obter uma solução para a crise entre o Equador e a Grã-Bretanha por causa do asilo a Julian Assange. Também manifestaram seu apoio ao governo de Quito na eventualidade de uma invasão à embaixada equatoriana para prender Assange.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.